Post Icon

Para Sir Phillip, com Amor

Os Bridgertons - Volume 5
 Julia Quinn

"Não, ela não precisava de ninguém perfeito. Só precisava de alguém perfeito para ela." (quem não?)


 
 

Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.
 
Olá Pessoal, tudo bem?
 
Pensei seriamente em não fazer post sobre esse livro, uma vez que, estou com tantos posts por escrever, mas eu venho falando sobre todos os livros dessa serie aqui no blog e esse não poderia ser diferente. Além disso, Julia Quinn tem sido um respiro muito delicioso na minha vida, sempre quando preciso daquela aliviada ela nunca falha comigo e esse livro especifico foi lido no meu primeiro dia de férias e perfeito para começar a descansar a cabeça e desligar do mundo coorporativo.
 
Não sabe que serie é essa que estou falando são: Os Bridgertons, uma família de 8 irmãos com nomes de A a H, que vivem na Londres do século XVIII, muito respeitados e até mesmo cobiçados como bons partidos para casamentos, conduzidos pela matriarca da família são muito amorosos e protetores estão sempre um se metendo na vida dos outros, mas sempre com amor e buscando o melhor para eles. Aqui no blog já falei dos quatro primeiros livros: Duque e euO visconde que me amava, Um perfeito cavalheiro e Os segredos de Colin Bridgerton.
 
Eloisa é uma moça independente que já tinha aceitado o fato que seria uma solteirona, afinal ela dispensou todos os pedidos de casamento que recebeu, uma vez que, ela queria encontrar o que parece que sua família esta destinada a ter, o amor verdadeiro e não apenas uma casamento convencional, então, sua melhor amiga Penélope, aquela que ela acredita que seria sua companheira na solteirice se casa e ela se vê bastante perdida, e assim aceita um convite ousado, ela parte para a casa de Sir Phillip, o marido viúvo de uma prima distante com o qual ela vem se correspondendo. Mas quando os dois se encontram eles percebem que a realidade pode ser bem diferente do que é dito através de cartas.
 
Sir Phillip é muito mais bonito e rustico do que ela esperava, além de não mostrar muito a espiritualidade que ela via em suas cartas, ele é bastante reservado e calado, enquanto ela não consegue ficar quieta ou se calar. Ele esperava ver uma solteirona não atraente e desesperada para se casar, e no seu lugar encontra uma moça atraente, decidida e independente nem um pouco pronta a se calar e obedecer.
 
É o primeiro livro em que a autora aborda um segundo casamento, e além, dos filhos com os quais Phillip claramente não sabe lidar, o primeiro casamento também deixou marcas e traumas com a depressão da primeira esposa que deixou a casa e a vida escuras e tristes. Além disso, o personagem precisa lidar com o abuso e violência que sofreu do próprio pai e o medo de perpetuar esse comportamento com os filhos.
 
Eloise precisa aprender a lidar com toda essa bagagem que Sir Phillip traz, ela que vem de uma família amorosa e presente precisa entender o que é carregar todo esse sofrimento, não que ela não saiba o que é perda, ela foi a única dos irmãos que estava junto quando o pai faleceu, mas é diferente, ela precisa de alguma forma demonstrar a esse homem que afastar e isolar não é a melhor forma de proteger.

Além disso tudo, os dois veem no casamento coisas diferentes, ele quer uma esposa e principalmente uma madrasta para os filhos, ele quer alguém para cuidar das coisas com as quais ele não quer se preocupar como a casa e até mesmo a educação dos filhos, ele é prático e racional. E ela, ela quer o que seus irmãos tem ela quer paixão, arrebatamento, amor, ela quer alguém que a faça tremer e queira passar o resto da vida do lado dela. Essa diferença de objetivos é só mais uma coisa com a qual eles tem que lidar.
 
É bem bonito a forma que eles vão construindo e descobrindo esse sentimento mútuo e o finalzinho do livro a forma que ele demonstra o seu amor é de novo para deixar a gente com quentinho no coração e sorrisinho bobo no rosto. Essa Julia sabe o que faz essa danada!
 
Livro: Para Sir Phillip, com Amor
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
276 páginas
 
Até a próxima,

Dani Moraes

Nas redes sociais:
Nós sigam também nas redes sociais: Facebook, Twitter (danipmoraes) e  Instagram (danimoraes02).
 
 
 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Jessica Andrade disse...

Olá,

Adoro essa série, li até o livro 4 e preciso pegar esse para dar sequencia.
Julia Quiin é ótima em seus livros de época.
Bjs
http://diarioelivros.blogspot.com.br/

As verdades que o pinoquio conta disse...

Jessica,
Essa série é ótima mesma!
Bjus

Postar um comentário