Post Icon

Especial de Natal #10: Cartas do Papai Noel

J.R.R.Tolkien


Todo mês de dezembro, um envelope com um selo do Polo Norte chegava para os filhos de J. R. R. Tolkien. Dentro dele, uma carta escrita à mão com letra trêmula e estranha e um lindo desenho colorido. Isso tudo era do Papai Noel, narrando histórias incríveis sobre a vida no Polo Norte: Como todas as renas se soltaram e espalharam presentes para todo lado; Como o Urso-Polar, que tem tendência a sofrer acidentes, escalou o mastro do Polo Norte e acabou caindo pelo telhado da casa do Papai Noel bem na sala de jantar; Como ele dividiu a lua em quatro pedaços e fez o Homem da Lua cair no quintal do Papai Noel; As batalhas travadas com as hordas de trasgos que viviam nas cavernas embaixo da casa... Desde a primeira carta para o filho mais velho, em 1920, até a última para a caçula, em 1943, este livro reúne todas as cartas e desenhos que Tolkien fez para os filhos.

Olá Pessoal, tudo bem?

E hoje para finalizar nosso Especial de Natal eu trago um livro muito, muito especial e lindo, escrito por um dos meus escritores favoritos, sem a menor intenção de publicar ou mesmo sem imaginar que algum dia ele seria editado como livro. Cartas do Papai Noel é uma reunião de cartas escritas por Tolkien para seus filhos como se fosse o Papai-Noel em resposta as cartas enviadas pelas crianças.


As cartas iniciam em 1920 com o filho mais velho John e vão até 1943 com a ultima carta endereçada a caçula Priscila. Ao longo do tempo enquanto as crianças cresciam e deixavam de escrever para o bom velhinho as cartas vinham endereçadas aos mais novos, porém sempre citando os mais velhos  enviando abraços e lembranças.


As primeiras cartas eram simples, bilhetes de resposta que deveriam acompanhar os presentes, mas ao longo dos anos Tolkien foi criando uma mitologia em torno do Bom Velhinho, como o sempre presente Urso Polar, o principal ajudante do Papai Noel, um tanto atrapalhado, chegou a derrubar o mastro do Polo Norte sobre o telhado da casa, obrigando a transferência de todos os presentes para uma nova casa.  Temos também uma aventura enfrentando os terríveis tragos que querem roubar todos os presentes e muitas e muitas outras histórias.



Além de toda criatividade e capricho na composição dos enredos das histórias ele ainda tinha um carinho especial na forma de compor as cartas. Ele utilizava uma letra diferente e toda tremida (afinal, Noel já é bastante idoso e além de tudo vive no Polo Norte). Em alguns momentos outros personagens intervém nas cartas e a letra muda.

Letra do Papai Noel


Papai Noel e no final a carta é finalizada pelo secretário élfico.

Letra do Urso Polar
Muitas cartas vinham acompanhadas de ilustrações feitas pelo próprio autor.




Mas para o final do livro as cartas fazem menção a Segunda Guerra que estava em curso e complicando a situação de todas as famílias na Europa, vemos que o Tolkien tenta manter a magia, mas é impossível não se afetar pelo que estava acontecendo na Europa, além disso, Priscila já estava crescendo e poderia entender a situação.

O livro todo é uma fofura, principalmente quando você pensa no carinho e dedicação desse pai para tornar o natal dos filhos mágico. E é impossível não se sentir inspirado para tornar o Natal de alguém especial também.

Acho que finalizamos muito bem esse Especial, espero que todos tenham aproveitado e sentindo um pouco mais desse Espirito Natalino. Um feliz e abençoado Natal a todos!!!


Título: Cartas do Papai Noel
Autor: J.R.R. Tolkien
Editora: wmfmartinsfontes
168 páginas

Por hoje é isso...

Até a próxima,

Dani Moraes

Nas redes sociais:
Nós sigam também nas redes sociais: Facebook, Twitter (danipmoraes) e  Instagram (danimoraes02).

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Cássia disse...

Que legal esse livro! Imagina a alegria de uma criança receber uma cartinha do Papai Noel!

www.estante450.blogspot.com.br

As verdades que o pinoquio conta disse...

Com certeza...
Essa é a parte mais legal desse livro o amor e cuidado do pai com os filhos!!!
Abraços

Postar um comentário