Post Icon

TAG dos 50%


Olá Pessoal, tudo bem?

Faz bastante tempo que eu não faço uma TAG por aqui, mas essa é tão legal que resolvi fazer, apesar de não ter lido tantos livros assim, acho legal fazer esse "review" do ano. E para todos os livros que tiver comentário no blog o link vai estar no título do livro.

1. O melhor livro que você leu até agora, em 2016.


O nome do vento - Patrick Rothfuss: Esse foi o primeiro livro finalizado esse ano e foi lido para o Desafio do Skoob como livro de fantasia e até agora foi o melhor livro do ano, o que mais me empolgou e envolveu na história, ele tem um mundo muito bem construído com suas leis, sua magia (quem não gosta de magia?) e até seu próprio sistema financeiro e os personagens são incríveis, ou seja uma leitura que vale muito a pena. Desde que, terminei o primeiro estou com muita vontade de ler o segundo, mas como o autor ainda não lançou o terceiro e ultimo livro resolvi esperar um pouco antes de continuar.

2. A melhor continuação que você leu até agora, em 2016.
Eu não li nenhuma continuação esse ano.

3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito.


Vozes de Tchernóbil - Svetlana Aleksiévitch (Cia das Letras): Esta todo mundo falando muito bem desse livro e até pela minha leitura de Gen que também trata dos efeitos da radiação na vida das pessoas (no caso de Gen a fonte da radiação é a bomba lançada sobre Hiroshima e no caso desse livro foi devido a um acidente em uma usina) acabou chamando minha atenção, mas duvido que eu vá ler esse ano, porque não pretendo compra-lo, exceto que eu veja uma promoção muito incrível, e já tenho muitos livros aqui na TBR.

4. O livro mais aguardado do segundo semestre.
Não sou muito ligada em lançamentos, mas talvez seja o A montanha mágica do Thomas Mann que vai ser relançado pela Cia das Letras.

5. O livro que mais te decepcionou esse ano.


A autobiografia de Alice B. Toklas (Cosac Naify): Esse livro faz parte daquela serie mulheres modernistas e tem uma capa linda e eu achei que era dessa vez que eu ia gostar de algum autor desse período, mas não foi dessa vez ainda simplesmente achei o livro tedioso.

6. O livro que mais te surpreendeu esse ano.
Esse foi um pouco difícil porque os livros que li e gostei eu já esperava gostar, então eu vou falar da minha ultima leitura que nem tem comentário ainda no blog, da qual, eu esperava gostar por ser um clássico da ficção cientifica, mas que eu não esperava que fosse tão interessante.


A máquina do tempo - H.G. Wells: Esse livro tem apenas 126 páginas e é muito mais do que a história de uma máquina capaz de viajar no tempo, é uma critica a sociedade e uma previsão do que nos espera caso continuemos a trilhar esse caminho.

7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).


Alexandre Dumas - óbvio que o autor é novo para mim, já que o mesmo é um autor do século XIX e para quem me acompanha no snapchat viu que eu passei 5 meses em companhia desse senhor, dado que eu li as 1663 páginas de O conde de Monte Cristo e valeu cada página, novelão da maior qualidade, o autor foi um dos primeiros a publicar suas obras de forma seriada em jornais e até mesmo pelo formato ele cria uma obra que é capaz de nos prender em cada detalhe da ação, além disso, ele foi uma figura interessantíssima, irreverente, um mulato que alcançou sucesso de publico, ganhou dinheiro, perdeu dinheiro, amado pelo publico e parcialmente desprezado pela critica.
Tenho mais dois livros dele em casa: Hobin Hood e Os três mosqueteiros e não comecei a ler já porque tenho outros projetos, mas pretendo lê-los tão logo for possível.

8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente


Eu não costumo ter quedinhas por personagens, mas o personagem fictício mais apaixonante dos últimos tempos é com certeza o Kvothe, o personagem principal de O nome do vento e ele é inteligente, bom amigo e passa por tantas dificuldades na vida e ao longo do livro é impossível não se ir se apaixonando por ele.

9. Seu personagem favorito mais recente.


Bigby - Lobo Mal de Fábulas, ele é um personagem bastante diferente do que esperaríamos do Lobo Mal Clássico, ele é um investigador e vai rolar alguma coisa entre ele e a Branca de Neve com certeza.

10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.

Solanin - Inio Asano: Surpreendentemente eu não chorei muito nas minhas últimas leituras e o que me fez chorar foi esse mangá fofo, que nos faz refletir um pouco sobre a vida de adulto e nossas escolhas.

11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.


Um perfeito cavalheiro - Julia Quinn: Os livros dessa autora sempre me deixam feliz e com um sorriso bobo no rosto porque são romances doces e gostosos.

12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2016.
Não assisti muitas adaptações e as que eu vi são antigas, então eu vou falar de duas adaptações:

Comer, rezar e amar: Eu li o livro a bastante tempo e adorei, a adaptação ficou muito boa e eu adoro a Julia Roberts e como sempre ela esta incrível no papel principal. Falei um pouco sobre ele em um dos meus resumos do mês.
Outra adaptação que eu gostei muito foi Como treinar o seu dragão, porém eu ainda não li o livro. Essa é uma animação muito bem feita e a história é adorável.

13. Sua resenha favorita desse primeiro semestre (escrita ou em vídeo).
Gosto muito dos vídeos da Carol Miranda, principalmente dos vídeos temáticos, mas se é para indicar uma resenha seria Uma estranha na cidade da Carol Bensimon.
Outra resenha que eu recomendo é da Tati Feltrin sobre Fausto - Goethe.

14. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.

Não comprei muitos livros nesse começo do ano e essa edição de O Valor do riso da Virginia Woolf é realmente muito linda.


15. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?
Na verdade, muita coisa especialmente os livros que estão no Desafio do Skoob e Desafio Livrada, mas o que eu mais quero é terminar meus dois calhamaços Dom Quixote e Os miseráveis, que já estão andamento a um bom tempo.

Por hoje é isso,

Espero que tenham gostado e sintam-se à vontade para responde-la.

Dani Moraes

Nas redes sociais:
Nós sigam também nas redes sociais: Facebook, Twitter (danipmoraes), Instagram (danimoraes02) e Snapchat (danielapmoraes).

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comentários:

tiago souza disse...

Olá Dani tudo bom?
Nossa que bacana que você também respondeu ^^ Enquanto animo a tirar as teias de aranha do blog, acabei respondendo no Instagram rsrsrs.
Li O Nome do Vento ano passado e preciso ler o segundo livro da trilogia, agora Solanin tá ali parado esperando a vida dizer quando vou ler hahaha Nessa pegada de mangá choroso, já leu Orange? Esse mês chegou no Brasil, o mangá de Anohana, recomendo de coração o anime procê ver (não sei se tem costume de assistir animes, mas só tem 13 episódios se não me engano). Bigby é sensacional hahaha esse mês acho que volto pra Fábulas, vamos ver. Abraços ^^

Gabrielly Marques disse...

Olá, tudo bom? Eu também respondi essa tag lá no blog recentemente. Adorei saber mais das suas leituras até agora! O Nome do Vento parece mesmo ser um livro muito bom! Quero muito ler. Também gosto do Bigby! Isso me lembra que preciso continuar Fábulas...
E como não ficar feliz lendo romances de época? *-*

Beijos!
http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

As verdades que o pinoquio conta disse...

Essa TAG é bem legal mesmo e vamos tirar a teia de aranha do blog sim...acho que eu não te sigo no insta vou procurar p ver suas respostas.
Solanin me tocou muito pela fase da vida, apesar de eu ser mais velha q os personagens, mas acredito que você vai gostar.
Eu encomendei o Orange, porém ainda não chegou e o Anohana eu não conheço e não tenho muito o costume de assistir animes, mas vou procurar.
Eu tb tenho q voltar p o fábulas, só que eu preciso encontrar alguns volumes.
Abraços

Dani Moraes

As verdades que o pinoquio conta disse...

Oi Gabi,
Vou ver as suas respostas.
Realmente como não ficar feliz com romances históricos?
Abraços,

Dani Moraes

Postar um comentário