Post Icon

A menina que roubava livros - Lendo o mundo #5

 Markus Zusak

"Quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler"

Olá pessoal, tudo bem?

Desculpem o sumiço, mas como vocês sabem eu estou viajando, porém preparem-se porque logo mais voltaremos a programação normal e com muitos posta da viagem.

Mas o post de hoje é sobre o livro do desafio do Skoob - livros que se passam no inverno ou tenham capas que remetam ao inverno.

Eu já tenho esse livro a muitos anos, mas por um motivo ou outro acabei nunca lendo por isso achei interessante colocar no desafio.

Para quem não conhece a história o livro se passa durante a Segunda Guerra Mundial na Alemanha e conta a história da Liesel, uma garota alemã. A história começa durante uma viagem, a mãe de Liesel não pode manter os filhos e precisa deixa-los com uma família alemã na cidade de Molching, no entanto, o irmãozinho da Liesel não resistiu e faleceu durante a viagem. Durante o enterro ela comete o primeiro furto e se apossa de um manual de coveiros.

Na nova cidade ela passa a viver com os Hubbermann e desde o princípio já percebemos o quanto Hans, o pai, é incrível e especial. A mãe, Rosa, é grossa e gosta de gritar, no entanto, o narrador deixa claro o quanto ela ama Liesel. Ela também fará amizade com um vizinho Rudy Steiner que é um dos personagens mais fofos.

A relação da Liesel com os livros é muito interessante no início ela nem sequer sabe ler, e no entanto, se sente atraída por eles. Essa atração me lembrou Fahrenheit 451 quando o personagem não entendia a razão desse sentimentos. Aos poucos, a garota vai aprendendo a ler e também o significado que as palavras podem ter na vida.

Não quero dar spoilers, mas durante o livro vamos conhecer Max, outro personagem fofo, e através dele Liesel irá aprender muito sobre a vida.

O livro tem cenas muito tocantes, por exemplo, quando Liesel e Rudy alimentam os judeus.

O narrador tem um jeito todo especial de contar a história dando spoiler do que vai acontecer, mas isso não é ruim, na verdade, faz você querer saber o como. Mais uma prova que nem sempre spoilers são ruins.

É uma história que traz como cenário a segunda guerra, no entanto, a guerra não é o principal. Ela trata essencialmente do poder das palavras seja para o bem ou para o mal.

É uma leitura muito acessível e que vale a pena.

Por hoje é isso e até a próxima.

Bjus,

Dani

PS.: Esqueci de falar esse livro também faz parte do projeto Lendo o mundo representando a Austrália no próximo post do projeto farei a atualização.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

O Que Tem na Nossa Estante disse...

Eu amo esse livro! Acho a história tocante, me identifico com essa ladra de livros, torci muito por ela e me emocionei com o desfecho da história que até hoje tem um lugar especial na minha estante!

Pandora
O que tem na nossa estante

As verdades que o pinoquio conta disse...

Pandora,
Esse livro tem momentos de dar um nó na garganta e aperto no coração..
Bjus

Postar um comentário